#Viajandodecarro – Poços de Caldas/MG — 24 de julho de 2016

#Viajandodecarro – Poços de Caldas/MG

Hoje eu vim falar sobre o meu final de semana nesta cidade simples, porém LINDA!

Rodeada de área verde, um ar leve e um sotaque gostoso pra imitar, rs, Poços de Caldas abriga uma linda paisagem.

Eu fiquei encantada do minuto em que adentrei na cidade.

Vamos lá:

Eu fiquei muito empolgada com a viagem, porque seria a minha primeira viagem com o meu namorado. Nunca tínhamos viajados juntos, estava um pouco nervosa, pensando em como seria, etc. Fui surpreendida do começo ao fim. Posso resumir que nosso final de semana foi envolto de risadas, carinhos e boa comida.

A cidade é simples porque não tem todas as coisas que SP tem, mas tem as coisas mais lindas que meus olhos já puderam se encantar.

Quando o meu namorado falou pra mim sobre uma tal fonte luminosa, pensei: “legal”, mas quando eu vi… Meu Deus.. uma fonte LINDA, jorrando água tão alto e alternando as luzes, ficando colorida, iluminada, alternando os jatos de água.. eu fiquei boba, me senti uma criança quando se encanta pelos fogos de artifício os vendo a primeira vez.  Eu ficaria muito tempo só olhando essa fonte e não me incomodaria nenhum pouco por isso. Eu realmente fiquei encantada.

Jantamos num japonês, temakeria, sei lá..rs. Lá eles servem um hot holl delicioso. Delicioso mesmo, que eu amei, amei, amei. Nossa! rs

De manhã visitamos o recanto japonês, com macaquinhos lindos e fofos. Consegui gravar um vídeo em que um macaquinho desconfiado aceita comida de uma moça e corre pelo galho da arvore para pegar rapidamente. Pega e corre de volta para a árvore..rs. Neste recanto, você pode alugar roupas de gueixa e tirar foto pelo local.  E o cheiro do verde?? Ah, eu fazia questão de sentir o cheiro do verde… leve, gostoso…

De lá, seguimos para a cascata das antas. Tem uma salinha que conta a história da hidroelétrica de Poços e sobre a cascata, que era um local cheio de antas. A cascata é bonita, porém perigosa, não conseguimos chegar tão perto, mas dá pra fazer lindas fotos.

Almoçamos ao ar livre – tirando as abelhas – eu adorei.  Comi como gente grande.

Após o almoço, fomos direto pra fila do teleférico que leva as pessoas até o Cristo Redentor.. super alto. O caminho até o Cristo poderia ser simples e normal, mas foi totalmente divertido, engraçado e com uma pitadinha de medo, pela altura. O bondinho do sobe devagar, mas sabe aquele medo de “vai que para”, “vai que cai” ? Rsrsrs

Faz muito vento lá em cima, e não dá pra ver o Cristo direitinho, tem que descer um caminho de terra pra poder avista-lo e fazer uma foto, rs. Mas dá pra ver a cidade inteira e eu adorei avistar tudo aquilo!

Voltamos ao hotel pra descansar e a noite andamos um pouquinho até achar a Cantina do Araújo que estava bem avaliada e foi indicada para nós.  Muito gostosa também.  Fomos de massa e carne.

Sobre o hotel – Ambiente familiar, lindo, muito agradável, que eu gostei bastante também.

No nosso último dia, fomos para a fonte dos amores, relógio de flores e tiramos foto. Eu achei legal que o relógio de flores não é apenas um enfeite, mas a hora funciona normalmente. Achei incrível.

Adorei a cidade, os arredores que andamos, a bela pracinha,  de frente pra um hotel lindo que abraça a praça praticamente, mas eu fiquei apaixonada pela dança dos velhinhos. Que coisa mais LINDAAAA. Banda ao vivo e eles lá, em casal dançando. Dois pra lá, dois pra cá… e tinha alguns que se arriscavam a fazer mais que isso..rs. Lindooos!!!

Não posso esquecer de falar sobre os cristais… Eles produzem cristais lindos e custam uma baba! Mas que são lindos, são…rs

Em resumo , posso dizer que foi uma viagem muito gostosa, divertida, alegre, leve, romântica e inesquecível, mas sei que não seria tudo isso se não fosse pela melhor cia que eu poderia ter ao lado, que é o meu amor! Alegre, divertido, bem humorado, competitivo (rsrsrs), carinhoso… Com ele, eu posso estar em qualquer lugar ou em nenhum lugar, e ter a certeza de que teremos ótimos momentos juntos.  Voltei mais apaixonada ainda, eu amei passar esse final de semana ao lado dele! Não dá vontade de desgrudar, rsrs. Aiai, meu amor é lindo! Lindo! Lindo! Em todos os sentidos! E me faz mto feliz!!! Muito, muito, muito!!! De uma forma tão simples.. não precisa de muita coisa…

O simples me encanta de uma forma….

AHHHH, O doce de leite! Meus Deus, o doce de leite, como eu poderia me esquecer???  Ahhh eu e minha mãe amamos! Amamos tanto… QUE D E L Í C I A !!!!! Provem! Vale mto a pena!!!!!

Esse foi um pouco do que vivenciei neste final de semana! *.*

 

Anúncios
A beleza que vem de dentro. É a beleza da alma. — 9 de julho de 2016

A beleza que vem de dentro. É a beleza da alma.

Sim, este é mais um texto sobre ele. É, tenho percebido que só tenho escrito textos sobre ele. Talvez ele seja a minha maior inspiração […] Mas hoje eu não vim falar exatamente dele(talvez sim), mas de questionamentos que tenho feito a mim mesma por conta de terceiros.

Bom, tenho me questionado do motivo pelo qual as pessoas julgam ou não nossa vida, pelo que elas vêem. Eu concordo com elas quando dizem que o meu amor é lindo! Concordo. Eu também acho isso! Ele de fato é. Mas isso não deveria ser um critério para avaliar alguém.

Está confuso?

Acontece que as pessoas levam muito em consideração a beleza exterior do outro. Nós todos somos julgados por aquilo que aparentamos, pouco avaliados por aquilo que somos.

Falam pra eu orar muito antes de sair com ele, para não sentirem inveja; falam pra eu não postar muita foto, porque é muita felicidade e beleza, que pode atrair negatividade; falam que ele tem que agradecer a Deus por mim, que eu tenho que agradecer a Deus por ele. Eu agradeço, quero deixar claro, mas não porque ele tem a beleza externa que tem. Não por isso, mas por ele ser quem ele é!!!!

Não tô preocupada em segurá-lo como já ouvi, porque homem como ele está dificil de achar (por ser bonito fisicamente). Que absurdo!  Homem como ele está difícil de achar por aí, pelas suas atitudes, pelo seu caráter.

Por que a beleza tem que ser levada tanto em consideração??? Um dia todos nós envelheceremos, não teremos para sempre a beleza da juventude.

O que adianta um rosto bonito com um coração escuro?  Não é muito mais vantajoso e glorioso o contrário?

Eu gosto de ser cega nessa questão. Gosto de conhecer o coração, saber como é a personalidade e caráter da pessoa, quais são os seus valores, seus hábitos, enfim…

Veja só, como eu disse, eu concordo com as pessoas que dizem que o meu amor é muito bonito, mas elas estão se referindo apenas ao que elas vêem por fora, e eu posso afirmar com veemência de que ele continuaria sendo julgado lindo por mim, mesmo que ele fosse pouco favorecido externamente. Eu continuaria me apaixonando por ele, todos os dias.

A sua beleza pode até ter enchido os meus olhos, mas não foi ela que sustentou o olhar do meu coração…

Ele tem o sorriso mais doce que alguém pode ter. Sorri com o olhar. Te olha com sinceridade. Você se perde de tão encantador. O beijo dele é sempre convidativo, se não for para algo além, será para você  se apaixonar um pouco mais. Ele sabe ser carinhoso, atencioso, ouvinte… Família, amigo, honesto, gente boa, inteligente, tem um coração tão lindo…

É tão fácil se apaixonar por ele. É tão fácil amá-lo.

Sei que toda vez que alguém embarca num relacionamento, sempre quer que dure para sempre. Ninguém namora pensando em terminar, mas só uma vez você tem certeza que é pra sempre! O seu coração avisa você sobre a pessoa certa. Você sabe que seu sentimento é verdadeiro, pois seu coração está repleto de alegria. De repente há um jardim completamente florido dentro de você e tudo que você tem que fazer é cultivar.

Se as pessoas acham que ele é bonito só pelo que vêem numa foto, enfim, imagina se conhecessem seu coração?

Ele é completo! E de tudo  de bonito que ele tem, o seu coração é a maior preciosidade!

Meu diamante!

Meu amor!

 

O meu amor! — 19 de junho de 2016

O meu amor!

…Uma mulher menina que precisa urgentemente ser mais forte! […]

Um suspiro profundo e a dor invade seu peito!

Ela não entende como, havendo  amor, podia doer tanto!

Delírios, calafrios, uma agonia tão imensa que ela orava pra poder passar e pedia por ele, não mais por ela!

E em meio a esses pedidos, vindos todos do coração, com uma vontade imensa de que suas palavras tivessem poder, um filme passava pela sua cabeça, enquanto repetidamente e sem cessar ela pedia para tudo isso passar!

Ela vê aquele sorriso próximo ao dela se abrir e o quanto aquilo a fazia feliz; Pensava naquele olhar tão perfeito que a intimidava e sempre traduzia desejos; ela não  sabia controlar suas emoções, ela se entregou! Tudo era mais do que maravilhoso para não se jogar de cabeça, ela precisava viver aquilo intensamente e dar o seu melhor!

Ela, que não sentia mais nada há tanto tempo, agora sentira muito e mais do que esperava e mais do que já sentiu!  Que ela era intensa, isso todos sabiam, mas agora, era profundo, era bom, ela queria!

Ela olhava pra ele e perguntava baixinho pra Deus como podia alguém ser assim? Para ela, não faltava nada nele! Tudo casava tão perfeitamente, tudo era tão bom, que ela só sabia  agradecer : “Obrigada Papai do Céu, ele é o que eu sempre sonhei, sempre pedi!”             Sim, porque estar com ele em meio a todas as sensações maravilhosas que isso a trazia e envolvia, era a coisa mais sublime que ela já sentira na vida!

Ela desejava todos os dias a felicidade deles, ela pedia todas as noites para Deus protegê-lo e mais uma vez agradecia ao presente! Ele era um presente pra ela, que veio tão embrulhadinho por Deus… ela foi desembrulhando com todo cuidado pra não rasgar o pacote e poder apreciar com calma aquilo que estava diante dos seus olhos.

Ele tinha uma alma bonita, um ar charmoso, uma voz que excita e memória de elefante! Ela se encantava com suas atitudes e gestos de carinho, se derretia toda vez que ele a chamava :” minha menina”, “meu amor”. Era isso mesmo que ela queria, ser a menina dele, ser o seu amor, porque ele havia – da forma mais pura e bonita – se tornado o dela!

Ela passou a projetar seus planos e o incluía, olhava pro futuro e lá ele estava, feliz, ao seu lado! Ele dividiu com ela suas fantasias e ela mais do que agradecida pela confiança e vontade de realizar aquilo com ela, aceitava com todo entusiasmo , vontade e excitação.

Ela queria tudo e qualquer coisa, desde que fosse com ele. Ele não era mais um, não era qualquer um, não era uma tentativa. Ele era ele! Era único, era o certo, era aquilo que ela queria. Ele era perfeito e ela só queria cuidar e cultivar tudo aquilo.

Ela o amava tanto…. verdadeiramente e profundamente!

Dizem que as vezes você encontra o amor da sua vida mas, por ironia do destino, não pode ficar com ele! Ela sabia disso, mas não era isso que ela queria!

Em uma só vida pra viver, com tantos sonhos e sorrisos pra compartilhar, por que não poderia ser com ele? Em seus 25 anos de vida, nunca existiu um sorriso que transbordasse tanto seu coração, como o dele. Nem o toque que arrepiasse sua pele, nem um desejo que tornasse o tesão maior que tudo….

E de repente, no meio de tantas certezas, surge o medo! Como ela conviveria com isso? Como ela poderia amá-lo e não chorar por pensar que poderia ser a última vez? Isso a matava por dentro, então ela chorava, todas as noites baixinho e pedia: “cuida do coração dele! Cuida do meu, cuida do nosso! ”

Ela que não tinha olhos pra mais ninguém, só enxergava ele na sua frente! Ela que não queria mais ninguém, só deseja o seu corpo, a sua voz, suas histórias! Ouvi-lo era a maior delícia para ela, atentamente ela o escutava com entusiasmo. Sua voz ecoava por dentro de seu corpo, arrepiando-a e a convidava para algo mais quente.

Ah….. como era gostoso entregar-se para ele.. quanto mais ela o amava, mais ela o desejava e mais gostoso se entregar, se tornava!

Então, como num piscar de olhos, ele se distanciou e foi indo embora aos pouquinhos e a cada distância, um pedacinho dela ia se desfazendo, um sonho ia se destruindo, um amor, ia se perdendo…

O despertador tocou, ela acordou assustada! Tudo não passava de um pesadelo!

-Ufa! Graças a Deus, ela suspirou aliviada!

Rapidamente pegou seu celular e digitou uma mensagem carinhosa para ele:

“Bom dia meu amor lindo, que saudades de você. Te amo tanto, só quero você!”

Carinhosamente ele a retribuiu:

“Bom dia minha gatinha, também estou com muita saudade de você. Amo você também!”

Aquilo era música para os seus ouvidos, ser amada por quem ela mais amou na vida! Ser querida por quem ela mais queria. Ela era completa! Não lhe faltava mais nada e tudo que ela tinha que fazer era cultivar! Cultivar, cuidar, mimar e amar! Era uma missão, era um prazer, ela estava determinada a cuidar do seu amor, da sua relação !

Ele era o príncipe dos seus sonhos! Ele era TUDO o que ela queria e precisava!

Ele era o seu amor!

O MEU AMOR, LUCAS!

 

 

Resenha do livro: Louca por você — 9 de maio de 2016

Resenha do livro: Louca por você

Louca por você é o primeiro livro da série After Dark, muito divertido, sensual e romântico.

Conta a história de uma doce menina/mulher chamada Julie (Juliette), que passou a vida inteira gostando do Daniel e nunca havia sido correspondida. Na verdade, Daniel nutria por ela sentimento de irmã e isso a deixava aborrecida, já que eles não eram irmãos.

Em todo desfecho do livro, Julie conta sempre com a ajuda do seu melhor amigo gay, George e Jo (Johana, irmã de Daniel).

Ela sonha em cantar e começa a trabalhar no After Dark – barzinho noturno que Daniel abriu após concluir a faculdade – mas Daniel nunca permitiu.

Daniel é um cabeça dura, meio selvagem, mas que consegue ser o cara mais romântico do mundo quando se vê perdidamente apaixonado.

Eu senti muita vontade de bater  nele em vários momentos do livro, mas também fiquei encantada com as atitudes que ele tinha depois. Ele  consegue ser extremamente cavalheiro, romãntico e surpreendente e, Julie fica ainda mais apaixonada com as atitudes de Daniel.

George, além de melhor amigo da pequena Julie, é também sua fada madrinha, pois todo desfecho se dá mediante suas brilhantes ideias e tudo sai como esperado.

Louca por você é um livro pra se devorar! Você ri, fica surpresa, chora, fica brava e não consegue parar de ler até descobrir o que virá depois.

Conforme ia lendo, criava meu próprio “final feliz” para os personagens, como se aquilo já fosse esperado, mas a autora conseguiu me surpreender e o final foi muito melhor do que o esperado.

Este livro casa perfeitamente com as românticas apaixonadas por aí, como eu, porque além da leitura ser ótima, você consegue se encaixar na história,  consegue trazer a história pra sua vida e se imaginar com o seu amor, nela.

Não vejo a hora de ler os próximos da série!

Faz bem ser o bem de alguém quando não se quer gostar mais de ninguém — 29 de abril de 2016

Faz bem ser o bem de alguém quando não se quer gostar mais de ninguém

Soube que me faria bem  no dia em que o seu cheiro não saiu de mim. E foi ali, entre um afago na minha pele,  que continha o seu inconfundível perfume e que eu não conseguia parar de cheirar, não conseguia parar de pensar em nós e que  durante uma semana inteira, transcorrendo os sete dias até nos vermos de novo, que descobri a força descomunal que exerce sobre qualquer ser a tal da “paixão”.

Me peguei rindo pro teto, conversando com as paredes, gritando para os relógios que corressem com a hora e encarecidamente implorando que parassem, no minuto que eu entrasse no seu carro novamente e pudesse por fim te tocar, como se fosse a primeira vez, sentir seus lábios nos meus enquanto os batimentos do meu coração aprovavam com tamanha emoção que tudo isso me fazia bem!

Soube que você se tornara o meu bem, quando o “lindo” tornou-se apenas um adjetivo real e verdadeiro, substituindo o vocativo “lindo” de modo geral, por “amor”, “meu amor”. Passei a dar a você apelidos carinhosos e únicos.  Passei a querer dar ênfase para isso tudo. […]

Acredito que numa relação, não existe nada melhor do que a reciprocidade.  É uma correspondência mútua, terem o mesmo objetivo – nem sempre a mesma dimensão de sentimentos, pois cada um tem a sua forma de sentir – mas existe uma sintonia e a sensibilidade de perceber isso no outro.  É suspirar num momento de alegria por relembrar os nossos únicos e inesquecíveis momentos; é ficar feliz por ler entre suas mensagens, o vocativo “amor”, a frase “saudade”, “pensando em você”… achar a ansiedade  gostosa e torturante ao mesmo tempo, é nos segundos que antecedem fechar o portão e entrar no seu carro, sentir o alívio do seu coração por enfim estar com você.

Não preciso carregar o maior amor do mundo só depois de algum tempo pra então querer construir algo com você. Posso carregar agora, por que não? Mas eu quero que as coisas cresçam e aconteçam da maneira mais natural, leve e prazerosa possível. Consigo entender facilmente que você não sente o mesmo-AINDA, rs – mas desejo que eu seja ao menos, também o seu bem. […]

Se eu pudesse, declarava você no imposto de renda, mas teria que explicar à União o  meu enriquecimento repentino de sentimento no coração. Você é meu bem,  cotado, amado, querido. Talvez tivesse que apresentá-lo ao Órgão, assim eles entenderiam quão fácil é enriquecer-se de paixão por você. Talvez eu devesse apenas deixá-lo escondidinho aqui dentro, pra não arriscar me expor demais, mas vem cá, quem consegue esconder esse sentimento descomunal?

Eu só sei que seus carinhos, nossas mensagens, planos , encontros, beijos e amassos me fazem um bem danado que eu só posso querer retribuir, sempre. Me sinto muito feliz!

Faz bem ser o bem de alguém na deliciosa certeza de que não se quer gostar de mais ninguém.

Meu amor, meu bem, você, Lucas!

 

20 — 20 de abril de 2016

20

Queria descobrir qual é o seu segredo, por ter me ganhado tão rápido. Eu que já era feliz, alcancei o ápice deste estado de espírito e nem preciso fazer muito esforço. Uma simples mensagem sua, já consegue fazer isso.

Se eu começo olhar pra trás, passo a sentir orgulho das decisões tomadas, porque me levaram ao seu encontro. Encontro este que eu sabia que seria bom. O que eu não sabia é que seria inesquecível e que eu desejaria tê-lo por perto cada vez mais.

Você é o meu amor, eu sou completamente apaixonada por você! Tenho tantos planos para nós… Quero muito realizar muitas coisas com você.

São dois maravilhosos meses, de encontros deliciosos, que não posso, nem por um minuto, não desejar  um amanhã tão gostoso quanto este presente em que vivemos.

Você é divertido, cavalheiro, carinhoso, sexy, sensual, tem um olhar que hipnotiza e uma boca que sempre me convida para algo mais.

Eu sou fã do seu sorriso, alucinada pela sua voz… Amo o seu corpo, principalmente quando está colado no meu.

Sabe, é uma delícia sorrir sem motivo, por você não sair dos meus pensamentos….

Sei que me dá muita saudade, mas que gostoso poder passar a semana em contagem regressiva pra te encontrar, pra te tocar, te sentir e te namorar.

Quando eu digo que considero-me muito sortuda, é porque Papai do Céu foi muito generoso, colocando no meu caminho alguém tão incrível e especial como você. Quero agradecê-lo pelo doce presente, cuidando, cultivando, tornando nossos dias leves e prazerosos.

São 2 meses te encontrando, são 2 meses de 1º encontro. Quero uma vida assim!

Quero você só pra mim!

 

Quando dói a primeira vez… — 18 de abril de 2016

Quando dói a primeira vez…

Acordei hoje sabendo que a segunda-feira não deveria nem ter começado. Ao primeiro toque no celular, já pude presumir que meu dia não seria bom. Na mira!

Fazia muitos e muitos anos que não ficava tão pra baixo como estou hoje.

Hoje é um daqueles dias que você não quer contato com ninguém, só com a sua cama, sua coberta e travesseiros.. até pegar no sono e esquecer esse dia ruim.

Na verdade, o dia tá lindo, as pessoas ao meu redor estão felizes e meus alunos, nunca se comportaram tão bem… o problema é interno mesmo. Emocional.  Tendo como único causador, eu mesma.

Eu só queria remover o dia de hoje, como se remove uma mensagem.  Queria centralizar minha memória no último sábado, pra ver se ela consegue mandar alegria e quietude ao coração…

Faz tanto tempo que não sentia nada, que agora não sei dizer se essa dorzinha aqui dentro é boa ou ruim, mas juro que queria que passasse. Eu agradeço por sentir. Por saber que me apaixonei de verdade e que me preocupo com as situações … foi um acontecimento pequeno, mas pra causar desconforto, qualquer tamanho serve e muitas vezes prejudica todos os lindos dias que você felizmente foi construindo.

Eu só quero me sentir contente de novo. Esse sentimento de choro contido é tão ruim..

Mistura tudo e eu fico imersa nessas sensações: Tristeza, saudade, amor, arrependimento…

Ah se ele soubesse como é bonito o local onde ele mora aqui dentro, e como hoje está escuro, necessitando daquele sorriso perfeito que só ele tem, e que tanto me enche de calmaria e alegria…

As vezes eu acho que ele sabe, mas nessas horas talvez esqueça, as vezes acho que ele nem tem noção.

Sabe quando você quer cuidar de alguém com todo seu afeto?  Quando se preocupa com o bem-estar, saúde, alegria, etc… sabe quando você fica exatamente da hora em que acorda, até a hora em que vai dormir, pensando em alguém? E independente do que você faça, fica fotografado o rosto dele na sua mente? Pois é… perdidamente apaixonada!

Então acho que você me entende, quando eu digo que machuca…

Eu só quero que passe… a saudade é enorme e eu só quero aproveitar a delícia que é estar com ele e a felicidade de, na sua ausência, conseguir sentir sua presença!

 

[…]

 

 

So kiss me – april 13 th — 13 de abril de 2016

So kiss me – april 13 th

Ela tinha gosto de cereja e um sabor a mais que era só dela. Os cabelos ligeiramente macios e loiros, enroscavam-se pelos dedos cumpridos dele e os gemidinhos de prazer que ecoavam na doce mistura de vossas respirações ofegantes, a deixavam maluca.

Ele passou a língua sobre os lábios carnudos dela, roçando deliciosamente sua barba pelo seu rosto, fazendo-a derreter-se ainda mais, enquanto explorava curvas tão macias, sentindo o sabor do canto de seus lábios, antes de mergulhar novamente dentro da boca dela, enroscando novamente suas línguas […]

É impressionante como os detalhes de um beijo podem provocam imenso desejo e vontade de querer mais. Curiosa como sou, fui atrás pra entender o que acontece com a gente, quando gostamos tanto de um beijo .

Ocorre que, nossos lábios possuem neurônios sensoriais -assim como outras partes do nosso corpo e até a ponta de nossos dedos – que enviam impulsos para todo o nosso sistema nervoso central, ativando as zonas de prazer, conhecidas como “zonas erógenas” ( Nosso corpo está repleto delas, hmm)..

Quando beijamos alguém, neutralizamos o estresse do nosso corpo, liberando adrenalina para toda nossa corrente sanguínea. O nosso sistema nervoso é então estimulado liberando um hormônio chamado dopamina em uma região do cérebro, conhecida como centro do prazer.  Esse hormônio é responsável pela sensação de relaxamento e bem-estar proporcionada pelo simples beijo na boca.

Um beijo bem dado, encaixado, provocando todos esses estímulos, aumenta a nossa temperatura corpora, e a liberação de adrenalina na corrente sanguínea, faz nosso coração bater mais descompassado. A gente passa a gostar e querer mais aquele beijo. Foi um beijo bem beijado.

Não podemos considerar que existe essa história de “ beijar mal”, o que existe são bocas que não se encaixam. Cada indivíduo tem a sua particularidade e personalidade para beijar.  E muitos artigos pela internet à fora falam do desinteresse pelo companheiro, após o beijo não ter sido tão bem sucedido, ao passo, que , por outro lado, o beijo bem encaixado aumenta os interesses de ambos os lados.  É muito relativo. Cada um tem a sua forma de beijar, suas fantasias e que por sinal, no dia de hoje, não deveriam deixar passar em branco. Já pensou em ligar pra ela, aparecer de surpresa e comemorar o dia do beijo?

“Beijo quando é dado, tem que ser apaixonado, pode ser até roubado, esteja onde estiver, é bom, NE? “

Eu por exemplo, se for falar da minha preferência por beijos, posso dizer com  veemência de que gosto daqueles beijos suaves, longos e molhados, cheio de segundas intenções. Beijo com pegada, barba cerrada, roçando no meu rosto, mão firme e lábio pedinte. Beijo que não nega saliva, que morde e implora mordida, mesclando carinho e safadeza. Beijo que desarma , enlouquece e que brinca, com gostos de “ não para” , com mordidas que sugerem “vamos pra outro lugar?”.  Beijos que impulsionam, fecham os olhos, abrem a imaginação e o zíper da calça.

Um Beijo longo, demorado, suculento, curtido e sentido, chamado de “Suavium” pelos antigos romanos, é o maior presente que se pode dar a quem se ama/deseja no dia de hoje e no restante do ano também.  Um beijo na boca bem dado é um convite para algo a mais que não dá pra recusar.  Jean Rostand, pensador Francês, disse que um beijo é um segredo que se diz na boca do outro e não no ouvido. Como não concordar?

E você, já contou seu segredos para alguém hoje?

Mulher perfeita — 11 de abril de 2016

Mulher perfeita

Tenho percebido que as mulheres não se arrumam mais para elas mesmas, nem para aquele que irá encontrar ou pretende conquistar. Elas se arrumam para as outras mulheres. Reparem! Virou uma competição, da mulher mais bonita. Em cada esquina existe uma, com curvas de enlouquecer qualquer um, cabelos cumpridos e lisos. Magras, barriga negativa, corpo definido.  Um menu de opções para os homens escolherem. Tem de todo tipo, loiras, morenas, ruivas… Mas poucas tem “alma”.

Pode-se dizer que sobra mulheres e falta-se homem. Fico com a evidência de que, quanto mais essa ideia toma forma, mais latente se torna o desespero feminino.

Estão perdendo o jogo para elas mesmas. As amizades são eternas até a página dois. Nessa questão eu invejo muito a amizade masculina […] – deve ser por isso que os meus dois grandes amigos – numa amizade beirando a casa dos 20 – são homens!

Mulheres vivem a procura do homem, não precisa ser perfeito, só precisa ser homem.  Para isso, aceitam todo e qualquer defeito masculino – Deus me livre! Eu ouço cada história… Se trai, tudo bem, ele é homem! Te trata mal, melhor do que não tratar de jeito nenhum, se te expõe ao ridículo, melhor do que estar sozinha, se não te faz feliz, deve ser culpa sua. E o pior, ele pode ser namorado da sua melhor amiga, irmã, mãe, sei lá, mas se te der mole, você “pega”.  O que é isso?!? Tudo isso pra ter um homem pra chamar de seu?  – Faça-me o favor…

Nessas horas, eu agradeço a Deus por ser completamente bem resolvida e me bastar. Não sou metade e nem procuro nada pra me completar. Sou feliz com as coisas que tenho e que conquistei, tenho a pretensão de fazer feliz quem me queira bem.

O mal do século é que me parece que agora toda mulher gosta de futebol, é super tranquila compreensiva, boa e equilibrada. Se dá bem com os amigos dele e até vira melhor amiga da sogra. A mulher perfeita que  9 a cada 10 homens pediram a Deus, fogosa, puta na cama e santa na rua.  Lembram da página dois?

Que máscara se sustenta por tanto tempo? Aonde foi parar a conquista? E por que mulheres como essas, em sua maioria estão sozinhas, já que são tão perfeitas?

Querem saber a resposta?

Elas não se bastam! Não confiam em sí mesmas. Eu não vejo nenhum problema estarem sozinhas, mas elas veem. Fazem tudo forçado. Inventam um personagem e atuam, mas, nenhuma peça é eterna. Uma hora o show tem que terminar e os atores tem que aparecer. Aí vem a decepção.

Seja perfeita nas suas imperfeições. E daí que você não gosta de futebol? Qual o problema ter uma opinião diferente? Você não precisa virar amiga  de infância dos amigos dele.

SEJA VOCÊ! Faça aquilo que lhe dá prazer! Por você, esquece essa história de “agradar”.  Se tudo for natural, o agrado acontece sozinho. A química rola, o seu jeito faz todo o trabalho por você.

Sabe aquele clichê de que as pessoas devem gostar de você por aquilo que você é? Então, já tentou experimentar?  É relativo, mas funciona! Relativo porque nem todo mundo vai gostar da gente, mas muitos gostarão. E saber que gostam de nós por aquilo que somos.. Ah, experimente, vai! Melhor coisa. Trata-se de autenticidade!

Eu não tenho medo de ficar sozinha, tenho medo de me sentir sozinha estando acompanhada. Escrevo isso com propriedade, pois já estive num relacionamento que haviam presença de corpos e ausência de almas… Vai por mim, você não quer isso pra você!

Essa política de perfeição está tirando aquele encanto da conquista. Não há mais desejo e nem aquela deliciosa luta diária de provocar, discordar, confrontar as diferenças. Parece que nunca há problemas, e isso, é broxante!

Uma mulher “perfeita” – ou que tenta incansavelmente sê-lo – é incapaz de fazer o que eu arriscaria dizer que é a única coisa capaz de conquistar um homem de verdade – já que é isso que tanto desejam: Desafiá-lo. Torná-lo ansioso pela conquista, fazê-lo construir a felicidade em vez de encontra-la pronta. As Misses simpatias e Senhoritas perfeição estão pecando por excesso.

A perfeição é monótona e relacionar-se com alguém que não oferece qualquer desafio é deprimente. Desestimulante. Você não precisa – e não pode – ser perfeita pra merecer alguém ao seu lado: suas qualidades serão suficientes, desde que você tenha coragem de não mascarar os seus defeitos. A autenticidade é afrodisíaca. Não seja a mulher perfeita. Seja feliz! Seja você!

Esse meu estado torpe de paixão… — 10 de abril de 2016